Marketing Redes Sociais | Desenvolvimento de Sites e Lojas Virtuais em Londrina - PR
Escolha uma Página
Redes Sociais: o que pequenas empresas devem saber

Redes Sociais: o que pequenas empresas devem saber

Redes Sociais: o que pequenas empresas devem saber – A crescente cena das redes sociais deu aos proprietários de pequenas e médias empresas mais uma maneira de promover seus negócios online por um investimento relativamente pequeno.

O tempo é o custo mais significativo quando se trata de mídia social.

Uma vez que a maioria dos proprietários estão ocupados, executando todos os aspectos dos seus negócios, eles não têm muito tempo extra para se dedicarem às mídias sociais.

Por isso é tão importante contratar um profissional qualificado, para criar um plano de marketing , definir metas para suas ações em redes sociais e reduzir a curva de aprendizado e evitar o desperdício de tempo e dinheiro.

As redes sociais podem ser esmagadoras para os proprietários de pequenas e médias empresas que são novos nessa cena.

Isso acontece porque há tantas opções e tantas maneiras de usá-las para promover seu negócio que podem acabar confundindo e fazendo o seu trabalho não valer a pena.

Redes Sociais: o que pequenas empresas devem saber

Existe também uma grande quantidade de recursos disponíveis no uso de redes sociais que, por falta de conhecimento, podem causar muita confusão.

Embora seja importante ter uma lista de coisas que você deve fazer quando começar a divulgar o seu negócio nas redes sociais, também pode ser útil ter uma lista de coisas que você deve evitar para fazer crescer seus seguidores e sua autoridade.

Muitos proprietários de pequenas empresas mergulham nas redes sociais porque todos lhes dizem que deveriam, mas ignoram a fase de pesquisa e planejamento.

Assim como qualquer outra atividade de marketing, é importante ter tempo para conhecer as redes que você deve utilizar e desenvolver um plano de ação para atingir seus objetivos.

Uma das maiores razões pelas quais os pequenos e médios empresários se envolvem nas redes sociais é conhecer seus clientes e potenciais clientes, e começar a formar relacionamentos que podem levar a novas oportunidades de negócio .

*Em muitos casos, isso se traduz em fornecer atendimento e suporte ao cliente.

Os proprietários de pequenas e médias empresas que estão abertos a esse nível de interação com sua base de clientes geralmente encontram uma maneira poderosa de promover seus negócios e fortalecer sua marca.

Se você ainda não investe em redes sociais saiba que já passou da hora.


Leia mais sobre Assessoria Digital para Pequenas e Médias Empresas.



Leia mais sobre Redes Sociais para Pequenas e Médias Empresas.


Redes Sociais: o que pequenas empresas devem saber

Facebook é o mais popular

O Facebook por exemplo, é de longe, a rede mais popular e é um excelente ponto de partida para uso comercial.

Muitas vezes, há uma grande confusão entre os novos usuários do Facebook sobre a diferença entre perfis, páginas e grupos do Facebook.

O ponto mais importante para se ter em mente é que os perfis devem ser apenas para pessoas físicas e não para empresas.

Criar um perfil para uma empresa é contra os termos de uso do Facebook e pode ser excluído a qualquer momento. Perfis são limitados a 5 mil seguidores, enquanto páginas são ilimitadas!

Os proprietários de pequenas empresas sempre devem criar uma página no Facebook para promoção pública de seus negócios.

Também vale a pena explorar um grupo do Facebook que possa facilitar uma discussão entre os membros e promover a sua empresa de forma descontraída, mas uma página deve sempre ser o primeiro passo para uma empresa. Acesse.


Leia mais sobre Facebook Lucrativo para Pequenas e Médias Empresas.


Twitter – é preciso entendê-lo

O Twitter é uma plataforma de microblog, que significa que as atualizações são explosões curtas de140 caracteres ou menos.

Não funciona como o Facebook em termos de interação, engajamento e promoção, mas também pode ser uma ferramenta muito eficaz para muitas empresas.

A parte mais importante é entender a plataforma e descobrir como você pode usá-la efetivamente em sua pequena ou média empresa. Acesse.


Leia mais sobre Gestão de Redes Sociais para Pequenas e Médias Empresas.


Google+ é do Google

O Google+ é uma rede social criada pelo Google que se entrelaça com a pesquisa do Google e outros produtos do Google. É semelhante ao estilo do Facebook, mas tem características únicas que o diferenciam. Acesse.

Pinterest valoriza sua imagem

A rede mais nova na cena das mídias sociais, o Pinterest, trabalha com um foco voltado para imagens. Fotos, imagens e outros gráficos motivam os usuários a compartilhar, promover e inspirar.

Superficialmente pode parecer que o Pinterest é particularmente voltado para empresas que vendem produtos ou serviços visuais, mas existem muitas outras maneiras de rentabilizar o seu produto ou serviço. Acesse.

Instagram é para celulares

Trata-se de um aplicativo gratuito para celulares. Com vários filtros, é possível dar um toque diferente às imagens divulgadas no aplicativo, que também funciona como rede social.

Muitas empresas já usam o aplicativo para promover a divulgação de seus produtos. Também é possível desenvolver uma relação com os clientes, orientando, por meio da rede, sobre os locais de venda de produtos ou serviços oferecidos. Acesse.

Blog é marketing de conteúdo

Você pode não pensar instantaneamente em blog quando pensa em redes sociais, mas eles são, de fato, uma parte fundamental para uma boa estratégia de marketing de conteúdo.

Um blog permite que você forneça conteúdo útil, relevante e envolvente ao seu público-alvo além de oferecer aos seus leitores uma maneira de interagir com a sua marca, através dos comentários e do compartilhamento.

Este aspecto social eleva um blog de um site estático para uma plataforma com grande potencial. Acesse.


Leia mais sobre Marketing de Conteúdo para empresas.


Gostou das dicas? Posso ajudá-lo de alguma maneira? Deixe sua dúvida nos comentários ou envie um e-mail. Gratidão!

 

 

Redes Sociais para pequenas e médias empresas

Redes Sociais para pequenas e médias empresas

Redes Sociais para pequenas e médias empresas – As redes sociais são excelente opção de maximizar a presença das empresas na mente dos consumidores. São largamente utilizadas por todas as faixas etárias de consumidores e são financeiramente leves, representando uma excelente relação custo/benefício.

Segundo dados do site E-Commerce Brasil, em 2012, por exemplo, o comércio eletrônico realizado por meio das redes sociais gerou uma receita de R$ 24,1 bilhões. E uma de suas principais fontes foi a publicidade na rede.

De acordo com a pesquisa eMarketer, em 2013 o Facebook se firma como a maior plataforma de social commerce em nível global. De todos os pedidos realizados em canais de mídia social, aproximadamente 85% foram feitos na plataforma, o que representa um crescimento anual de 129%.

Outras redes sociais, porém, também foram bem-sucedidas. O Pinterest, por exemplo, gerou 74% dos pedidos de antiguidades e artigos de colecionador.

O YouTube foi bem nas categorias de produtos digitais (47%), serviços (36%) e merchandise (29%).

Em uma porcentagem menor, o Twitter recebeu 18% dos pedidos de mobília para casa e escritório.

Entretanto, tanta eficiência e facilidade cobram o seu preço: as mídias sociais pedem cuidados e atenção constantes, ao contrário de mídias de marketing tradicionais, como anúncios em revistas, panfletos ou outdoors, que são estáticos, ou seja, não se alteram depois de serem publicados e entregues.

É nesse ponto em que muitos empresários e administradores pecam, pois não dão a atenção necessária para essa área tão revolucionária.

A pesquisa Consumer Views of Live Help On Line 2012, da Oracle, por exemplo, demonstra claraemente a necessidade dessa atenção constante. De acordo com o estudo, a maioria dos usuários do Twitter espera uma resposta pessoal e no prazo de duas horas após a publicação do comentário ou reclamação, por exemplo. Já no Facebook, 51% dos entrevistados buscam respostas no mesmo dia paras as suas dúvidas ou queixas publicadas.

Por isso, os empresários precisam estar atentos ao divulgar suas marcas nas redes sociais e precisam que suas áreas de marketing as monitorem para um bom relacionamento com o cliente.

Gestão de Redes Sociais em Londrina

As mídias sociais pedem cuidados e atenção constantes, ao contrário de mídias de marketing tradicionais, como anúncios em revistas, panfletos ou outdoors, que são estáticos, ou seja, não se alteram depois de serem publicados e entregues.

Redes Sociais para pequenas e médias empresas

Facebook para Pequenas e Médias Empresas1 – Facebook

Rede social que reúne pessoas a seus amigos e àqueles com quem trabalham, estudam e convivem. A melhor forma de começar o marketing através do Facebook é criar uma fanpage e desenvolver um projeto de acordo com o seu consumidor.

Além de ser um canal de relacionamentos, em que a MPE pode utilizar como forma de publicidade indireta, também é possível utilizar colocar anúncios pagos. Acesse.

Parceria entre o Sebrae e o Facebook vai capacitar mais de 1 milhão de empreendedores, contribuir para a inclusão digital das micro e pequenas empresas, e ensiná-los a usar a rede social para dar visibilidade aos seus negócios para prosperarem no mercado atual.

Instagram para Pequenas e Médias Empresas2 – Instagram

Trata-se de um aplicativo gratuito para celulares. Com vários filtros, é possível dar um toque diferente às imagens divulgadas no aplicativo, que também funciona como rede social.

Muitas empresas já usam o aplicativo para promover a divulgação de seus produtos. Também é possível desenvolver uma relação com os clientes, orientando, por meio da rede, sobre os locais de venda de produtos ou serviços oferecidos. Acesse.

Pinterest para Pequenas e Médias Empresas3 – Pinterest

O Pinterest é uma rede social para publicação de fotos, uma espécie de “quadro de cortiça” online. O micro e pequeno empreendedor pode categorizar em painéis (como se fossem pastas) as imagens de produtos em destaque na rede Pinterest.

Nas datas comemorativas, é possível criar uma ação diferenciada por meio do Pinterest. O empreendedor pode criar um painel do Dia dos Namorados, para divulgar produtos para todos os usuários de outras redes sociais ou mandar por e-mail. Acesse.

Twitter para Pequenas e Médias Empresas4 – Twitter

É um microblog que permite a publicação de fotos, vídeos e textos (máximo 140 caracteres). Para as MPEs essa ferramenta pode ser utilizada para divulgar notícias institucionais da sua empresa, informações sobre seus produtos e vendas, dados complementares do produto, promoções para os clientes e notícias, artigos e semelhantes que tenham relação com a empresa e os produtos. Acesse.

Google Plus para Pequenas e Médias Empresas5 – Google Plus

O Google+ é uma das redes sociais mais importantes no universo online. É a rede que mais cresce em número de usuários no mundo:  segundo um estudo feito pela IdentyMe, são mais de 26 milhões de usuários espalhados pelo planeta.

No Brasil, a plataforma ainda não é uma unanimidade, os brasileiros representam apenas 5% dos usuários, mas é muito importante criar uma estratégia de social media marketing para o Google Plus.

Mais que uma rede social, o Google+ tem como principal vantagem ser um braço do Google e integrado às outras ferramentas colaborativas. Além disso, a rede tem grandes vantagens no trabalho de SEO de um site. Os conteúdos do Google+ podem ser indexados pelo motor de busca do Google. Acesse.

 

Fonte: SEBRAE.

http://designemarketingdigital.com.br/assessoria-para-empreendedores-digitais-e-pequenas-empresas/

Facebook lucrativo para pequenas e médias empresas

Facebook lucrativo para pequenas e médias empresas

Facebook lucrativo para pequenas e médias empresas – Como um comunicador moderno percebo como é fácil ficar confuso com tantas novidades causadas com o surgimento da Internet.

São tantas coisas necessárias hoje em dia: vídeos, blogs , e-mail marketing, marketing de pesquisa, SEO, entre tantas outras possibilidades.

A realidade é que você, empresário, não consegue resolver tudo sozinho.

A melhor opção é contratar um profissional, como eu por exemplo, que consiga administrar toda essa “parafernália” com criatividade e conhecimento.

Nesse post, dou destaque para a ferramenta que domina o mundo moderno: as mídias sociais.

Provavelmente você deve verificar seu Facebook, Instagram ou Twitter várias vezes ao dia, mas adivinhe, seus clientes também fazem o mesmo. Eba!

Muitas empresas ainda têm dúvidas quanto ao marketing nas redes sociais, em especial no Facebook. Para muitos este ainda é considerado um investimento secundário.

No entanto, o crescente número de usuários brasileiros no Facebook chama a atenção para a necessidade de se construir uma fan page e compartilhar conteúdos criativos.

Há alguns anos possuir um site bastava para empresas. Hoje, além do site, você precisa também de conteúdos que ajudem e orientem o consumidor na sua escolha.

Ter um site ativo e estar presente nas redes sociais é o que determina se sua empresa existe ou não para os novos consumidores.

Por que investir no Facebook?

O Facebook possui hoje mais de 100 milhões de usuários somente no Brasil. Então, se sua empresa não está no Facebook ela perde uma ótima chance de entrar em contato com milhões de clientes.

Não pense que basta criar uma fan page e publicar qualquer conteúdo. É preciso traçar uma estratégia de marketing eficaz para atingir estes potenciais consumidores.

Facebook lucrativo para pequenas e médias empresas.

Facebook lucrativo para pequenas e médias empresas

Facebook lucrativo para pequenas e médias empresas

1 – O maior e melhor motivo para anunciar na rede sem dúvidas é o baixo investimento se comparado às mídias tradicionais. No Facebook você alcança milhões de pessoas por um custo muito baixo.

2 – Você escolhe para quem quer anunciar. Em que outra mídia você faz isso? No Facebook você pode segmentar seu público alvo de forma incrível: idade, sexo, cidade, interesses, formação acadêmica. É realmente incrível as possibilidades de segmentação que a plataforma oferece. Assim, só vê seu anuncio quem você quiser.

3 – Com sua página na rede você tem contato direto com o cliente, podendo detectar falhas e necessidades com mais eficiência e precisão, além disso, ainda pode expor seus produtos e serviços de forma interativa e criativa.

4 – Quanto mais as pessoas curtem ou comentam sua publicação, mais ela aparece para os outros usuário. É o famoso ‘’ boca a boca’’, só que na versão virtual.

5 – Quem não é visto, não é lembrado! Sua marca, seus produtos e serviços, precisam estar em evidencia onde se concentra o público. A internet concentra 80% dos consumidores finais de todos os produtos e serviços existentes!

6 – Enquanto você está parado no tempo, apegado somente na mídia impressa, ou rádio e televisão, empresas inovadoras estão marcando forte presença na rede e conquistando novos clientes.

 


Esses são apenas alguns dos atraentes motivos para divulgar sua empresa no Facebook. Exige técnica, dedicação, criatividade e muito estudo, pois o Facebook muda seus algoritmos, formatos de anúncios e políticas de uso regularmente.


 

Posso ajudar nessa empreitada?
Posso ajudar com a sua comunicação e fazer a sua imagem decolar ainda mais?
Que tal agendarmos um papo para falarmos das suas necessidades?

Leia mais sobre Redes Sociais para pequenas e médias empresas.
Leia também sobre comunicação corporativa.

Gestão de Redes Sociais em Londrina, norte do Paraná

Gestão de Redes Sociais em Londrina, norte do Paraná

Gestão de Redes Sociais é um alerta para você que é empresário, mas ainda não despertou para o poder das Redes Sociais e de como elas podem aumentar a visibilidade da sua marca e ou imagem.

 

Manutenção de sites e redes sociais para pequenas e médias empresas.


As Redes Sociais geram grandes oportunidades porque são um meio de interação mais usado nos dias de hoje. São mais do que um meio de comunicação entre amigos; tornaram-se uma ferramenta indispensável tanto para pessoas comuns quanto para profissionais ou empresas.


As Redes Sociais são a maneira mais rápida de saber o que acontece ao redor da gente e no mundo. Conhecer novas pessoas, reduzir distâncias, ajudar a conseguir um emprego, vender produtos e serviços, entre tantas outras coisas.

 

 

Gestão de Redes Sociais em Londrina para pequenas e médias empresas

Muitos empresários estão reconhecendo tardiamente o importante papel do Marketing de Redes Sociais.


As velhas distinções de classes sociais para o consumo já não são tão significativas uma vez que o faxineiro da vendinha ao lado da sua casa e o CEO de uma grande corporação em outro estado (ou do outro lado do planeta) estão no Facebook diariamente, trocando notícias e histórias como amigos.


Uma análise importante é que as pessoas não compram de empresas, eles compram de pessoas e os meios de comunicação sociais podem dar um tom mais informal e pessoal para uma empresa.


Em uma era de maior transparência e autenticidade, investir no Marketing de Redes Sociais é entregar rapidamente um novo padrão de interação, mesmo que seja apenas uma pessoa na sua empresa escolhida para ser o “rosto” ativo nesse reino. No caso do Magazine Luiza é uma personagem virtual.


Redes Sociais para pequenas e médias empresas em Londrina

Marketing de Redes Sociais geram grandes oportunidades porque são um meio de interação mais usado nos dias de hoje.



Uma estratégia altamente eficaz e importante para as Redes Sociais é não vender diretamente ou descaradamente.



Gestão de Redes Sociais



1. Redes Sociais podem conduzir o tráfego .

Quando você tem um site e publica conteúdos regularmente as Redes Sociais podem conduzir o usuário até a sua página. Com chamadas criativas e compartilhamentos direcionados por segmento você pode ganhar um punhado de visitantes todos os dias.

 

2. Redes Sociais podem gerar muito Tráfego Orgânico.

As Redes Sociais têm grande importância junto aos buscadores (Google, Yahoo, Bing, etc.), por isso sempre é bom divulgar o seu conteúdo no maior número delas, para gerar Tráfego Orgânico.

Ás vezes é mais fácil o Google encontrar o seu conteúdo que foi divulgado no Facebook do que numa página do seu site ou blog. Outro fator é que você está espalhando o link (URL) da sua publicação pela internet.

 

3. Redes Sociais ajudam a ter uma leitura do mercado.

Uma das coisas mais legais nas Redes Sociais é você poder ter um retorno (feedback) dos seus clientes. Quais produtos estão comprando e por quê? O que eles estão fazendo no fim de semana? Que tipo de mensagens eles gostam de compartilhar e etc.

Você também pode usar a mídia social como uma ferramenta para conectar-se com outras empresas, líderes e formadores de opinião e imprensa.

 

4. Nas Redes Sociais as pessoas são mais receptivas às suas mensagens.

As pessoas vêem Twitter e Facebook como redes sociais e não máquinas de marketing. Como resultado, eles são menos propensos a ver o que você publica como uma propaganda e serão mais propensos a ouvir o que você tem a dizer.

 

5. Anúncios nas Redes Sociais permitem segmentação e redirecionamento.

Um ponto favorável na Internet e nas Redes Sociais é que você pode personalizar seus anúncios pagos. O Facebook, por exemplo, permite você segmentar usuários por localização, nível de educação e até mesmo pelo histórico de compras e por páginas que eles mais navegam.

Você também tem a opção de instalar um pixel Facebook em seu site e usá-lo para redirecionar os seus anúncios para os usuários que visitam você.  Essas pessoas são muito mais suscetíveis de se converter em vendas!

 

6. Você pode responder a problemas imediatamente.

Se há um problema com o seu produto ou serviço, você saberá sobre ele imediatamente e poderá tomar as medidas necessárias. Estudos mostram que os consumidores apreciam as empresas que respondem ao cliente rapidamente.

7. A presença na mídia social forte constrói lealdade à marca.

Estudos nos EUA indicam que marcas com perfis nas Redes Sociais têm clientes mais fiéis.

 

8. Redes Sociais: uma arena que oferece igualdade de condições.

Algumas marcas podem ter orçamentos maiores do que outras, mas todas as empresas começam praticamente com o mesmo pé de igualdade quando se trata de marketing nas Redes Sociais.

As pessoas e as marcas que prosperam são as que utilizam táticas mais inteligentes ou os conteúdos mais uteis, oferecendo valor ao seu público-alvo no mesmo tempo que mostram personalidade e ou divertimento.

 

9. Clientes que não sabiam que você existia vão encontrá-lo.

No processo de compartilhamento de conteúdo você provavelmente irá se juntar a centenas de grupos relacionados aos seus produtos, que vão influenciar e direcionar novos clientes para o seu site.

 

10. É grátis!

Como você pode argumentar com isso? Se você lidar com o próprio gerenciamento das suas Redes Sociais só vai gastar tempo e aprendizado. Agora, se você está intimidado em interagir com as pessoas on-line ou, se suas habilidades de escrita deixam a desejar, a contratação de um profissional é definitivamente o caminho a percorrer.

Publicação de conteúdo mal escrito ou transmitir o tipo errado de mensagens em sites ou Redes Sociais pode afetar seriamente a sua imagem. Contratar um profissional para o gerenciamento das suas Redes Sociais ou site é infinitamente mais barato que qualquer investimento em mídias tradicionais (jornal, revista, TV, rádio) e muito melhor do que não fazer nada.



Confira alguns trabalhos produzidos especialmente para Marketing de Redes Sociais:

Faça contato e mude a sua comunicação!

2 + 1 =