Redes Sociais para pequenas e médias empresas

Redes Sociais para pequenas e médias empresas – As redes sociais são excelente opção de maximizar a presença das empresas na mente dos consumidores. São largamente utilizadas por todas as faixas etárias de consumidores e são financeiramente leves, representando uma excelente relação custo/benefício.

Segundo dados do site E-Commerce Brasil, em 2012, por exemplo, o comércio eletrônico realizado por meio das redes sociais gerou uma receita de R$ 24,1 bilhões. E uma de suas principais fontes foi a publicidade na rede.

De acordo com a pesquisa eMarketer, em 2013 o Facebook se firma como a maior plataforma de social commerce em nível global. De todos os pedidos realizados em canais de mídia social, aproximadamente 85% foram feitos na plataforma, o que representa um crescimento anual de 129%.

Outras redes sociais, porém, também foram bem-sucedidas. O Pinterest, por exemplo, gerou 74% dos pedidos de antiguidades e artigos de colecionador.

O YouTube foi bem nas categorias de produtos digitais (47%), serviços (36%) e merchandise (29%).

Em uma porcentagem menor, o Twitter recebeu 18% dos pedidos de mobília para casa e escritório.

Entretanto, tanta eficiência e facilidade cobram o seu preço: as mídias sociais pedem cuidados e atenção constantes, ao contrário de mídias de marketing tradicionais, como anúncios em revistas, panfletos ou outdoors, que são estáticos, ou seja, não se alteram depois de serem publicados e entregues.

É nesse ponto em que muitos empresários e administradores pecam, pois não dão a atenção necessária para essa área tão revolucionária.

A pesquisa Consumer Views of Live Help On Line 2012, da Oracle, por exemplo, demonstra claraemente a necessidade dessa atenção constante. De acordo com o estudo, a maioria dos usuários do Twitter espera uma resposta pessoal e no prazo de duas horas após a publicação do comentário ou reclamação, por exemplo. Já no Facebook, 51% dos entrevistados buscam respostas no mesmo dia paras as suas dúvidas ou queixas publicadas.

Por isso, os empresários precisam estar atentos ao divulgar suas marcas nas redes sociais e precisam que suas áreas de marketing as monitorem para um bom relacionamento com o cliente.

Gestão de Redes Sociais em Londrina
As mídias sociais pedem cuidados e atenção constantes, ao contrário de mídias de marketing tradicionais, como anúncios em revistas, panfletos ou outdoors, que são estáticos, ou seja, não se alteram depois de serem publicados e entregues.

Redes Sociais para pequenas e médias empresas

Facebook para Pequenas e Médias Empresas1 – Facebook

Rede social que reúne pessoas a seus amigos e àqueles com quem trabalham, estudam e convivem. A melhor forma de começar o marketing através do Facebook é criar uma fanpage e desenvolver um projeto de acordo com o seu consumidor.

Além de ser um canal de relacionamentos, em que a MPE pode utilizar como forma de publicidade indireta, também é possível utilizar colocar anúncios pagos. Acesse.

Parceria entre o Sebrae e o Facebook vai capacitar mais de 1 milhão de empreendedores, contribuir para a inclusão digital das micro e pequenas empresas, e ensiná-los a usar a rede social para dar visibilidade aos seus negócios para prosperarem no mercado atual.

Instagram para Pequenas e Médias Empresas2 – Instagram

Trata-se de um aplicativo gratuito para celulares. Com vários filtros, é possível dar um toque diferente às imagens divulgadas no aplicativo, que também funciona como rede social.

Muitas empresas já usam o aplicativo para promover a divulgação de seus produtos. Também é possível desenvolver uma relação com os clientes, orientando, por meio da rede, sobre os locais de venda de produtos ou serviços oferecidos. Acesse.

Pinterest para Pequenas e Médias Empresas3 – Pinterest

O Pinterest é uma rede social para publicação de fotos, uma espécie de “quadro de cortiça” online. O micro e pequeno empreendedor pode categorizar em painéis (como se fossem pastas) as imagens de produtos em destaque na rede Pinterest.

Nas datas comemorativas, é possível criar uma ação diferenciada por meio do Pinterest. O empreendedor pode criar um painel do Dia dos Namorados, para divulgar produtos para todos os usuários de outras redes sociais ou mandar por e-mail. Acesse.

Twitter para Pequenas e Médias Empresas4 – Twitter

É um microblog que permite a publicação de fotos, vídeos e textos (máximo 140 caracteres). Para as MPEs essa ferramenta pode ser utilizada para divulgar notícias institucionais da sua empresa, informações sobre seus produtos e vendas, dados complementares do produto, promoções para os clientes e notícias, artigos e semelhantes que tenham relação com a empresa e os produtos. Acesse.

Google Plus para Pequenas e Médias Empresas5 – Google Plus

O Google+ é uma das redes sociais mais importantes no universo online. É a rede que mais cresce em número de usuários no mundo:  segundo um estudo feito pela IdentyMe, são mais de 26 milhões de usuários espalhados pelo planeta.

No Brasil, a plataforma ainda não é uma unanimidade, os brasileiros representam apenas 5% dos usuários, mas é muito importante criar uma estratégia de social media marketing para o Google Plus.

Mais que uma rede social, o Google+ tem como principal vantagem ser um braço do Google e integrado às outras ferramentas colaborativas. Além disso, a rede tem grandes vantagens no trabalho de SEO de um site. Os conteúdos do Google+ podem ser indexados pelo motor de busca do Google. Acesse.

 

Fonte: SEBRAE.

Assessoria para empreendedores digitais e pequenas empresas

Sérgio Evangelista

Posso ajudar com a comunicação da sua empresa e fazer sua imagem decolar ainda mais? Consultoria em Marketing Digital, Publicidade e Design - Construção de Sites, Blogs, Lojas Virtuais e produção de Conteúdos para Sites e Redes Sociais.

Sem comentários, deixe o seu!

Um bom comentário sempre ajuda

Seu e-mail não será divulgado.

Você pode usar alguns atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>